INSS não pode suspender benefício concedido judicialmente com base apenas em resultado de perícia administrativa

Devido à suspensão, por parte do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), de auxílio-doença, uma segurada acionou a Justiça Federal para solicitar o restabelecimento do benefício previdenciário.

Em 2009, o pagamento do auxílio à requerente foi determinado por via judicial, tendo a decisão transitada em julgado. Porém, anos depois, após a realização de perícia médica, o INSS descontinuou o pagamento do benefício, sob a justificativa de recuperação da capacidade laboral.

A 1ª Turma do TRF1, por maioria, decidiu que, embora o INSS tenha a prerrogativa de confirmar periodicamente a incapacidade do segurado, nos casos em que já houve reconhecimento judicial do direito, a autarquia não pode interromper o benefício por iniciativa própria, com base unicamente no resultado da perícia administrativa.

“Levando em consideração que a incapacidade não tinha sido reconhecida anteriormente na via administrativa, obrigando a segurada a ingressar em Juízo, com realização de perícia judicial, para aferição do seu quadro clínico, não seria congruente permitir à Autarquia Previdenciária que, a qualquer momento, desconstituísse os efeitos da decisão transitada em julgado, sem que tenha sido concedida, expressamente, autorização judicial para tanto”, destacou o relator do acórdão, desembargador federal Wilson Alves de Souza.

Nesses termos, o Colegiado determinou o restabelecimento do auxílio-doença à segurada, por entender que eventual alteração da situação que levou à concessão do benefício deve ser submetida à análise judicial, por meio da ação revisional prevista no art. 505, I, do CPC, tendo em vista o princípio da soberania da coisa julgada.

Fonte: Direito News

//Leia mais...

Após a elaboração e aprovação da Lei Paranaense 20.276/20, que proíbe oferta publicitária a aposentados e pensionistas para contratação de empréstimos consignados, gerou-se um debate nacional até o caso ir parar no STF para a Lei ser julgada procedente ou não. A lei restringe a contratação apenas para quando o idoso solicitar à instituição financeira […]
Confirmado novo calendário da 1ª e 2ª parcela do 13º salário do INSS O governo federal confirmou a liberação da nova rodada de pagamentos do 13º salário dos aposentados e pensionistas do INSS. De acordo com o secretário especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia, o pagamento da primeira parcela será liberado nos […]
Margem do consignado do INSS pode virar dor de cabeça! Previna-se dos golpes No final de março, o Governo autorizou a ampliação da margem do consignado do INSS. Com isso, aposentados e pensionais podem comprometer até 40% dos rendimentos. Porém, está surgindo muitas queixas de empréstimos realizados sem autorização, assim como no ano passado. Em outubro […]
Antecipação do 13º salário do INSS liberado esta semana Na última quinta-feira, quando o Congresso Nacional ainda debatia a aprovação do Orçamento de 2021 que destrava os gastos do governo, o presidente Jair Bolsonaro confirmou que com a aprovação do Orçamento a primeira parcela do 13º salário dos aposentados e pensionistas do INSS poderia ser […]
INSS divulga calendário para retomada das provas de vida Quem tinha, por exemplo, que fazer prova de vida em março e abril de 2020, terá de fazer em maio deste ano. O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) divulgou nesta sexta-feira (26) o calendário de retomada da prova de vida. O cronograma abrange as provas de vida […]